CONTATO

Endereço

Rua Pedro Nolasco da Cunha nº 363. Bairro: Jardim Avelino. São Paulo-SP

CONTATE-NOS

(11) 948992598

© MarissolRios.com.br |Health Coach | Desenvolvido por Nelson Bisquolo Jr.

GLUTAMINA, SISTEMA IMUNOLÓGICO E ATIVIDADE FÍSICA

A glutamina é um aminoácido (partículas que formam as proteínas) encontrado no sangue e no tecido muscular, mas em situações hipercatabólicas pode ser classificada como um aminoácido condicionalmente essencial, sendo fundamental para a funcionalidade do sistema imunológico (rede de células, tecidos e órgãos que atuam na defesa do organismo contra o ataque de invasores externos.).

 

Sabe-se que situações de estresse (cirurgias, queimaduras, câncer, e exercício físico intenso) diminuem a concentração de glutamina no sangue diminui, o que pode prejudicar a função imunológica.

 

Estudos mostram que a suplementação por glutamina aliada ao exercício físico tem sido eficiente no combate de infecções, mas não há evidencias de melhora no desempenho esportivo.

 

Em pacientes imunodeprimidos (defesa imunológica fraca), a glutamina é utilizada para esse fim, mas não há comprovação que há melhora no desempenho atlético.

 

Sobre a dosagem, a ingestão entre 20g e 30g do aminoácido não induz efeitos colaterais, e uso, pode ser usada como suporte para o sistema imunológico, pois a suplementação feita para melhora de desempenho esportivo, ainda não tem sustentação científica conclusiva.

Referências:

Rogero MM, Tirapegui JO. Considerações nutricionais e bioquímicas da suplementação de glutamina em atletas: controvérsias e aspectos atuais. J Metab Nutr. 2003;7:106-17.